quinta-feira, 24 de maio de 2007

Espaço para o grupo verificar que teorias da educação podem dar suporte ao aplicativo YouTube

Vejo o YouTube como uma forma interessante de o professor fazer o diferente em suas aulas. Introduzir vídeos como complemento aos conteúdos trabalhados, levando os alunos para o laboratório de informática e dando a eles a possibilidade de incluir vídeos em um blog o que é uma atividade interessante para ser desenvolvida em sala de aula e também fora dela, já que em grupos com maior acesso a computadores ele pode servir para as tarefas extraclasse. O professor poderia explorar uma música de várias formas, sugerindo o preenchimento de lacunas em cima de conteúdos que estão sendo desenvolvidos, poderia criar outras letras utilizando melodias e colocando estas letras nos blogs, com a música cantada e gravada pelos próprios alunos. Acho que aí cabe a criatividade e a facilidade do manuseio da ferramenta por cada um. Isto se aplicaria dentro da teoria da construção do conhecimento, pois de acordo com Jean Piaget, a inteligência é um mecanismo de adaptação do organismo a uma situação nova e, como tal, implica a construção de contínuas e novas estruturas. Desta forma, os indivíduos se desenvolvem intelectualmente a partir de exercícios e estímulos oferecidos pelo meio que os cercam

Um comentário:

Su disse...

Olá grupo

Uma coisa que julgo interessante em relação à alguns aplicativos que vocês estão estudando é a possibilidade das aulas usarem outras tecnologias além do quadro e giz, lapis e papel, exposição oral.

Criar vídeos e poder compartilha-los de forma fácil é um recurso poderoso. Além de ser uma linguagem diferente, e outra forma de comunicação.

Uma sugestão para o fim de semana: explorar o windows movie maker com algumas imagens e texto. Não é muito difícil.

abraço!